Menisco Discóide

O QUE SIGNIFICA?

É um menisco mal formado, em forma de disco (ao invés de semelhante à letra “C” ou meia-lua), daí o nome “discoide”.

O QUE CAUSA?

É uma má formação congênita, ou seja, o indivíduo já nasce com o menisco apresentando esta alteração da forma.

COMO IDENTIFICAR?

A maioria é assintomático e jamais vai causar qualquer sinal, sendo muitas vezes achado ocasionalmente em exames. A ressonância é o melhor exame de imagem para identificar este tipo de menisco.

QUAIS SINTOMAS?

Embora a maioria não apresente qualquer sintoma, este tipo de menisco pode causar estalos, dor, sensação de que o joelho dá um ressalto ao movimentar, dificuldade de movimentação completa do joelho, dentre outros.

COMO TRATAR?

A maioria não necessita de tratamento, apenas acompanhamento. Quando é sintomático ou quando sofre uma ruptura (podendo ocasionar dor aguda, derrame articular, bloqueio da movimentação), a cirurgia videoartroscópica está indicada. Esta cirurgia minimamente invasiva realiza a remoção da parte excedente do menisco, buscando redesenhá-lo (procedimento chamado saucerização). Em alguns casos o menisco está completamente solto em sua inserção e deve ser removido por completo.

COMO PREVENIR?

Não há prevenção já que o problema é congênito (ocorre desde o nascimento).

Leave a reply